P.A.M.P.A

Foto y reportagem: Lorenzo Beust
P.A.M.PA é uma série de apropriação da figura dos animais do campo.   O folclore do homem gaúcho é tradicionalmente associado à imagem do cavalo e de outros animais que orbitam o universo campestre, sob uma perspectiva de que a narrativa cultural sulista foi moldada por grandes estancieiros, Lorenzo Beust busca possíveis ressignificações da simbologia do cavalo e da vaca. Os animais são fotografados em situações cotidianas, distantes dos moldes imagéticos ufanistas do sul. Em outro momento, com a obra Ladrão de Cavalos, o artista busca tencionar a questão da propriedade privada dos animais.